A FORÇA DO DETALHE E/OU AS IDIOSSINCRASIAS DA MEMÓRIA

 Nos comentários da postagem anterior, retornando ao fiel Aílton Monteiro (do blog DIÁRIO DE UM CINÉFILO), comentei a respeito de A GAROTA DE TRISTE que o que mais chamava a atenção era a inesquecível música de Riz Ortolani e as cenas de Ornela Mutti, de cabelos raspados,entrando no mar.

 Ornela estava no auge da beleza e sua imagem entrando no mar com a cabeça raspada é - no mínimo - digna das antologias do cinema. É engraçado: eis o clássico pequeno filme que crava mais profundamente na nossa memória que muitas obras conceituadas. Não dá para esquecer Tuesday Weld em "O Despertar Amargo", Claudine Auger em "Jogo do Massacre" ou Catherine Spaak em "Vidas Aedentes" (La Calda Vita).
 A conclusão do comentário me deixou horas mergulhado na memória recordando vários daqueles instantes (ou detalhes) que transformam filmes menores em objeto de culto e foro íntimo.
 As três imagens inclusas neste post explicitam a força da exceção.

 Em A MORTE FEZ UM OVO (Giulio Questi - 1968), por exemplo, chega a ser irônica a ausência quase permanente do amarelo; já que o cenário central do filme é justamente uma granja milionária. O amarelo irrompe de forma homeopática graças aos cabelos e os trajes sumários de Ewa Aulin. É o que basta para subverter a memória cromática do espectador e sua libido.

 No lisérgico thriller COLPO ROVENTE (Piero Zuffi - 1969), onde predominam as cores vermelhas, a aparição da bela Barbara Bouchet vestindo um roupão azul (um ciano agressivo) cria um tamanho impacto na tela grande que fica muito difícil esquecer este fragmento deflagrador de extrema sensualidade. É a força da cor e da sugestão substituindo - com elegância - a explicitude da nudez.

 Finalmente, em IL DIO SERPENTE (Piero Vivarelli - 1970), ambientado numa ilha do Caribe, onde os tons cianos dominam o enquadramento, a inesperada aparição de Nadia Cassini trajando um biquíni vermelho e caminhando de costas para o mar impõem estranhamento e beleza - e uma fagulha de inspiração - num filme que investe - essencialmente - no exotismo óbvio.
 Por estas e outras continuo achando que o néctar da cinefilia reside em buscar e detectar esses pequenos e sublimes momentos de encantamento que fazem a diferença do "cinema inocente".



Escrito por Carlos Reichenbach às 19h03
[] [envie esta mensagem] []


 
   Dicas Socializadas 05

CINEMATECA VIRTUAL 05

NOVOS DO ACERVO OLHOS LIVRES
(Disponíveis por 30 dias)

 Ornela Mutti - a calva, frágil e inesquecível GAROTA DE TRIESTE.

Fase IV - Destruição AKA Phase IV (Saul Bass - 1974) + Legendas em Português
http://www.4shared.com/file/144865051/ed26dd96/Fase_IV.html

A Grande Testemunha AKA Au hasard Balthazar (Robert Bresson - 1966) + Legendas em Português
http://www.4shared.com/file/144865317/626f03fe/A_Grande_Testemunha.html

O Homem de Londres AKA A Londoni férfi (Bela Tarr - 2007) + Legendas em Português
http://www.4shared.com/file/144865513/618fbb55/O_Homem_de_Londres.html

A Garota de Trieste AKA La ragazza di Trieste (Pasquale Festa Campanile - 1982) + Legendas em Português
http://www.4shared.com/file/144865824/dc1eee66/A_Garota_de_Trieste.html

A Ilha nos Trópicos AKA Island in the Sun (Robert Rossen - 1957) + Legendas em Português
(Embora haja um arquivo SRT com legendas em português incluso no torrent, dê preferência ao arquivo que vem separado na pasta do Acervo Olhos Livres)
http://www.4shared.com/file/144866120/c617be1e/A_Ilha_nos_Tropicos.html

A Vingança do Ator AKA An Actor´s Revenge AKA Yukinojo Henge (Kon Ichikawa - 1963) + Legendas em Português
http://www.4shared.com/file/144866401/85ed2ee1/A_Vingana_do_Ator.html

Os Inocentes AKA The Innocents (Jack Clayton - 1961) + Legendas em Português
http://www.4shared.com/file/144866711/9eb0a1f9/Os_Inocentes.html

Cinco Dedos AKA 5 Fingers (Joseph L. Mankiewicz - 1952) + Legendas em Português
http://www.4shared.com/file/144867121/9ace9ed/Cinco_Dedos.html

O Gato Preto AKA The Black Cat (Edgar G. Ulmer - 1934) + Legendas em Português
http://www.4shared.com/file/144867507/d5f08686/O_Gato_Preto.html


 Agradecimento aos sites e blogs CINE COOLT, CINE ANARQUIA, SÓ LEGENDAS RARAS, MAKING OFF, VIRA LATA FILMES, WEBCINEBLOG, FILMES CHEMICAL, FILMES COM LEGENDAS e TORRENT-UP TURBO.


FABIO CAMARNEIRO MANDOU AVISAR

 Meus blogs:
- cinema -

RETROVISOR
http://camarneiro.blogspot.com

- assuntos diversos -
ALTO-FALANTE
http://camarneiro.wordpress.com



Escrito por Carlos Reichenbach às 15h10
[] [envie esta mensagem] []


 
   Uma prévia do OSCAR 2010.

FILMES DE AÇÃO PODEM SALVAR O CINEMA EM 2009

Kathryn Bigelow na filmagem de GUERRA AO TERROR (The Hurt Locker).


 Acabam de ser entregues os primeiros prêmio oficiais de Hollywood referentes ao ano de 2009: o HOLLYWOOD AWARDS.
 Pelo espelho da premiação destacou-se o excelente GUERRA AO TERROR (The Hurt Locker), que foi mostrado no Festival de Veneza do ano passado. A diretora Kathryn Bigelow levou o troféu de melhor diretor(a) e Jeremy Renner foi considerado o "ator revelação".
 "Bastardos Inglórios", de Tarantino, deu a Christoph Waltz o prêmio de melhor ator coadjuvante, reprisando o reconhecimento que teve no festival de Cannes deste ano. Já é - de longe - também candidato natural ao Oscar da categoria no próximo ano.
 A premiação segue abaixo, mas o intúito desta nota é chamar a atenção para o fato de Hollywood ter - aparentemente - redescoberto os méritos de sua melhor tradição: aquela que remonta ao grande cinema de Wellman, Mann, Ford, Hawks, Walsh, Davies, Lewis, Fuller, Ludwig, Siegel e tantos outros mestres da emoção pura.
 Premiar Kathryn Bigelow me pareceu um inesperado gesto de coragem, que privilegia a melhor escola do chamado "cinema do corpo".
 GUERRA AO TERROR é um fantástico filme de ação. Sem pudor de evitar qualquer proselitismo político, faz o elogio declarado do individualismo niilista (como os faroestes clássicos). Tendo a guerra do Iraque como cenário, o filme se detem nas atividades de um grupo quase suicida de desarmadores de bombas. Seu protagonista (que só aparece lá pela metade do filme) é um demente irresponsável movido à adrenalina. A genialidade de Bigelow é transformar o espectador num cúmplice passivo deste porraloca. Não seria absurdo afirmar que Bigelow se inspirou no melhor Peckinpah.
 Resta a espectativa do reconhecimento futuro da qualidade superlativa do novo filme de Paul Schrader, ADAM RESURRECTED,  que, se houver o mesmo crivo de inteligência por parte dos senhores acadêmicos do Oscar, deverá valer - além das indicações de filme e roteiro a Schrader, direção a Bigelow - o de melhor ator do ano a Jeff Goldblum (por ADAM RESURRECTED). Seria um milagre!

Lista completa dos premiados do HOLLYWOOD AWARDS:

Ator: Robert De Niro (Everybody's Fine)
Atriz: Hilary Swank (Amelia)
Ator Coadjuvante: Christoph Waltz (Bastardos Inglórios)
Atriz Coadjuvante: Julianne Moore (A Single Man)
Direção: Kathryn Bigelow (The Hurt Locker)
Roteiro: Nora Ephron (Julie & Julia)
Atriz Revelação: Carey Mulligan (Sedução)
Ator Revelação: Jeremy Renner (The Hurt Locker)
Diretor Revelação: Lee Daniels (Precious: Based on the Novel Push by Sapphire)
New Hollywood Award: Gabourey "Gabby" Sidibe (Precious: Based on the Novel Push by Sapphire)
Troféu Comédia: Bradley Cooper (Se Beber Não Case)


PS - GUERRA AO TERROR, cuja previsão de lançamento no cinemas é incerta, já está disponível em DVD no Brasil.

PS 2 - ADAM RESURRECTED, THE HURT LOCKER e À L´AVENTURE (de Jean Claude Brisseau) foram os melhores filmes recentes que vi até agora, em 2009. Falta conferir VINCERE, de Bellocchio - na certa um dos grandes da Mostra de São Paulo.


ZINGÚ EM NOVO ENDEREÇO

http://www.revistazingu.net/

Edição de aniversário dedicada ao editor deste blog.

É possível que surjam problemas (temporários) para acessar o novo endereço por conta da mudança de servidor.


DICA RELÂMPAGO

 O ótimo CINE ANARQUIA está disponiblizando o torrent e as legendas em português do filme erótico de Chantal Ackerman, "EU, VOCÊ, ELA, ELE", de 1974:

http://cine-anarquia.blogspot.com/2009/10/eu-voce-ela-ele-je-tu-il-elle-1974.html



Escrito por Carlos Reichenbach às 18h14
[] [envie esta mensagem] []


 
   DANÇAS em Paranapiacaba.

NOTA RÁPIDA SOBRE O FESTIVAL DE PARANAPIACABA



 Ainda não sei quais foram os prêmios entregues (ontem) no encerramento do 1° CURTA NEBLINA [Festival Latino Americano de Curtas de Paranapiacaba], porque estive presente apenas no primeiro dia de exibição.
 A pedido da organização deixei minhas indicações pessoais de melhor filme e diretor e retornei a São Paulo.
 O que me impressionou, antes de qualquer coisa, foi a excelente qualidade técnica da grande maioria dos filmes selecionados.  Percebe-se claramente a distancia que separa o apuro artesanal dos filmes rodados em 35 milímetros dos demais captados em vídeo.
 Em compensação, foi possível detectar também um brutal esvaziamento de ousadia e invenção na produção recente.
 Posso estar enganado, mas tive a impressão de que vigora novamente o conceito de enxergar o curta metragem como "port-folio" profissional e não como um meio de expressão em si; como se - por esta opção de metragem - não tivessem existido criadores como Arthur Omar, Carlos Adriano, Joel Pizzini, Joel Pimentel, Fernando Severo, Nirton Venâncio e vários outros autores de cinema.
 De qualquer maneira, cravei meu voto de filme e direção no curta metragem que mais me surpreendeu e emocionou; talvez o único que tenha levado às últimas conseqüências a idéia de obra conceitual.
 Os 15 minutos de "DANÇAS", de Fernando Watanabe, me fez mergulhar na aventura da linguagem audiovisual num ousado duelo constante entre sensações e sentimentos. Godard, Terayama e o Kon Ichikawa (de "A Vingança do Ator") revisitados pelo prazer do cinema e seu desejo. Independente das possíveis referências, o diferencial deste belo grande filme de curta duração, é a sensibilidade fina e original do realizador e sua ansiedade constante de descoberta. Um autêntico cinema para olhos livres.

SITE DO FESTIVAL:
 http://curtaneblina.blogspot.com/



Escrito por Carlos Reichenbach às 13h35
[] [envie esta mensagem] []


 
   Dicas Socializadas 04

CINEMATECA VIRTUAL 04

NOVOS DO ACERVO OLHOS LIVRES
(Disponíveis por 30 dias)

- Raridade. Único filme dirigido pelo escritor Malaparte, com um final que lembra - e muito - "Deus e Diabo na Terra do Sol" -
O Cristo Interditado AKA Il Cristo Proibito (Curzio Malaparte - 1951) + Legendas em Português
http://www.4shared.com/file/143622333/c0ce64e2/O_Cristo_Interditado.html

- 7 Magos do Cinema -

A Rotina Tem Seu Encanto AKA Sanma no aji AKA Autumn Afternoon (Yasujiro Ozu- 1962) + Legendas em Português
http://www.4shared.com/file/150736371/ceb0b78b/A_Rotina_Tem_Seu_Encanto.html

O Homem Que Burlou a Máfia AKA Charley Varrick (Donald Siegel - 1973) + Legendas em Português
http://www.4shared.com/file/143623884/9b7a00e/O_Homem_Que_Burlou_a_Mafia.html

Todos Porcos AKA Buta to gunkan AKA The Flesh Is Hot (Shohei Imamura - 1961) + Legendas em Português
http://www.4shared.com/file/143623324/ff0da765/Todos_Porcos.html

Sangue Sobre a Neve AKA The Savage Innocents (Nicholas Ray - 1960) + Legendas em Português
http://www.4shared.com/file/143623147/33da8537/Sangue_Sobre_a_Neve.html

Os Filhos do Medo AKA The Brood (David Cronenberg - 1979) + Legendas em Português
http://www.4shared.com/file/143622555/7b7a1ae3/Os_Filhos_do_Medo.html

O Jovem Törless AKA Der junge Törless (Volker Schlöndorff - 1966) + Legendas em Português
http://www.4shared.com/file/143622870/31fe1fbd/O_Jovem_Torless.html

Whity (Rainer Werner Fassbinder - 1971) + Legendas em Português
http://www.4shared.com/file/143623487/99a408d0/Whity.html

- Dois filmes sobre o corpo e o desejo -

A Ginasta AKA The Gymnast (Ned Farr - 2006) + Legendas em Português
http://www.4shared.com/file/143621727/cb049688/A_Ginasta.html

A Mulher Lobo AKA La Donna Lupo (Aurelio Grimaldi - 1999) + Legendas em Português
http://www.4shared.com/file/143621975/52e32eeb/A_Mulher_Lobo.html


RANKING DOS MAIS SOCIALIZADOS (até agora)


01
Cão Branco AKA White Dog (Samuel Fuller - 1982) + Legendas em Português
http://www.4shared.com/file/142488548/d2620565/Co_Branco.html

02
Quando o Amor é Cruel AKA Incompreso (Luigi Comencini - 1966) + Legendas em Português
http://www.4shared.com/file/142484845/eedd5533/Quando_o_Amor__Cruel.html

03
Gradiva AKA C'est Gradiva qui vous appelle (Alain Robbe-Grillet - 2006)
http://www.4shared.com/file/143134838/5e47145f/Gradiva.html



Escrito por Carlos Reichenbach às 02h05
[] [envie esta mensagem] []


 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]  
 
 
HISTÓRICO



OUTROS SITES
 OLHOS LIVRES - BÔNUS
 LINKS RÁPIDOS OLHOS LIVRES
 LINKS OLHOS LIVRES AMPLIADO - Todo cinema na Web
 FILMOGRAFIA E CURRÍCULO DE CARLOS REICHENBACH
 IMDB
 ALL MOVIE GUIDE


VOTAÇÃO
 Dê uma nota para meu blog!